Programação

MOSTRA ANHANGÁ


...

Anhangá, inimigo de Tupã, deus das regiões infernais. Sua aparição marca suas vítimas com um mau agouro. Pergunto: será que Anhangá visitou o Brasil recentemente? Por que vivemos tamanha calamidade? Como ofendemos tanto ele? O que precisamos fazer para encerrar esses horrores que nos assolam? Não tenho uma resposta pronta para tais perguntas, mas tenho teorias sobre onde nós, brasileiros, cineastas, amantes de filmes e cidadãos, estamos. O Brasil é um país recheado de medos. Encontramos no cinema uma forma de expurgar e dividir esses sentimentos. Entre tantos curtas-metragens de horror que foram inscritos, vimos, nos filmes selecionados, os medos residentes em nossa sociedade. Talvez, isso marque o nosso cinema de horror. Nossa mostra apresenta um pouco dessa catarse social. Filmes que retratam o medo de si, do próximo, do social, da história, do espiritual, do desconhecido. Através do cinema de horror, esses medos são expostos. Divididos. Vividos. Estamos no Brasil que quer armas. No Brasil intolerante. Talvez, esses horrores não sejam novidade quando assistimos a esses curtas e, no fim, a catarse do filme na verdade seja a da união, de saber que várias pessoas estão sentido o mesmo que você, que se indignam em comunhão e que não estamos sozinhos e sozinhas. Talvez, nossos filmes sejam, de alguma forma, o reflexo do Brasil nos olhos de Anhangá. Talvez esses filmes sejam parte do ritual que precisamos fazer para nos livrar desse mau agouro. Consumir histórias é, dentre tantas coisas, uma forma de experimentar sensações, de aprender e de nos fortalecer. Bom rito. Boa sessão!

Ian Abé, curador da Fantacine


APRESENTAÇÃO




FILMES




290 venenos

de Petter Baiestorf

2019 | Mato Grosso | 14 anos | 10 min.

OUROBOROS

de Adriano Gomez

2017 | São Paulo | 12 anos | 1 min.

SOL

de Carlos G. Gananian

2017 | São Paulo | 18 anos | 14 min.

Conte sua história ou Entregue sua alma

de Andrea Avancini

2020 | Rio de Janeiro | LIVRE | 17 min.

ONZE MINUTOS

de Hilda Lopes Pontes

2018 | Bahia | 14 anos | 17 min.

O BURACO

de Zeudi Souza

2021 | Amazonas | 18 anos | 20 min.

EGUM

de Yuri Costa

2020 | Rio de Janeiro | 14 anos | 23 min.

NÁUSEA

de Thomas Webber

2019 | Paraná | 16 anos | 13 min.

Compartilhe a Fantacine:

    Whatsapp